Novidades

Diretor da ABESCO fala sobre Eficiência Energética

02. March 2016

Diretor da ABESCO fala sobre Eficiência Energética

José Starosta comenta sobre seus benefícios

José Starosta comenta sobre os benefícios na adoção de programas pelas empresas. Klüber Lubrication também tem departamento específico com foco na área, criado em 2013. Confira a entrevista abaixo:

  • Como o Sr. enxerga o posicionamento das empresas associadas (ou mesmo no país em geral, nos mais diversos setores), em relação ao tema da eficiência energética?

As empresas têm seus focos nas mais diversas atividades (nas áreas elétricas, mecânicas e outras), contudo, todas se preocupam que seus projetos sejam caracterizados por características claras de Eficiência Energética (EE) e sustentabilidade, mesmo que o projeto não possua como objetivo principal a EE, ela acaba sendo contemplada nos conceitos a serem estabelecidos.

  • De que forma a ABESCO tem abordado o tema, seja em eventos ou reuniões e qual a principal mensagem a ser passada?

A ABESCO tem seu encontro anual com um congresso (o Congresso Brasileiro de Eficiência Energética – COBEE) e uma feira (a Expo-Eficiência), este ano, no mês de agosto. Durante dois dias, é possível acompanhar centenas de trabalhos apresentados, além da feira de produtos relacionados ao tema. Ainda, possui atividades relacionadas ao interesse do corpo associativo como treinamento, atualização, informação e divulgação da área. As informações estão disponíveis no site www.abesco.com.br.

  • Há exemplos de adoção de programas ou processos de eficiência energética que sejam interessantes mencionar?

A melhor fonte é justamente o site da ABESCO, onde é possível realizar o download das apresentações do COBEE. Existem centenas de cases do último evento de 2015, além dos anteriores. Temos um vasto acervo, desde  simples projetos de EE em sistemas de iluminação, como em motores e acionamentos, caldeiras, ar comprimido, compensação reativa e qualidade de energia, água, gases, insumos e etc.

  • Quais os principais resultados que medidas desse tipo trazem para as empresas? Há exemplos que sejam possíveis de mencionar?

Um projeto bem aplicado possibilita em média uma economia direta da ordem de 10%, dependendo do setor e da atividade.

  • Na sua opinião, quais os principais benefícios na adoção de programas ou mecanismos de eficiência energética pelas empresas, ou na sua associação?

Entre os principais benefícios, é possível destacar a redução de custos operacionais, aumento da confiabilidade, aumento da segurança operacional, incremento de ações sustentáveis e redução de consumo de combustíveis fósseis.

  • Para 2016/2017, como será o volume de soluções implementadas?

Estimava-se um mercado para R$ 2 a R$ 3 bilhões, contudo, em função desta situação econômica, os números devem ser muito mais modestos. Além disso, os procedimentos do Programa de Eficiência Energética (PROPEE), da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que poderiam funcionar como uma alavanca de investimentos, também deverão ter uma abrangência menor do que a estimada inicialmente.

  • Que recomendações o Sr. daria para gestores ou empresas que estão pensando em adotar tais medidas?

Que organizem as suas ações e, sobretudo, planejem, usem a ISO 50001, busquem soluções consolidadas. Não acreditem em soluções milagrosas ou que não podem ser explicadas pela nossa boa e velha "física clássica".

 

Para baixar a matéria completa, acesse o menu Download no canto superior direito.

 

 

 

 

 

Se interessou pela tema? Clique aqui para entrar em contato com Irajá Ribeiro, especialista do assunto Eficiência Energética.

 

 

Fale conosco

Entraremos em contato em breve

Agradecemos sua participação. Entraremos em contato assim que possível.

Ocorreu um erro no processamento. Por favor, tente novamente mais tarde.