Klüber Lubrication Brasil é destaque em matéria do portal Petronotícias

O portal Petronotícias publicou no mês de maio matéria sobre os 50 anos da Klüber Lubrication Brasil, com uma entrevista com nosso CEO para América do Sul e Austrália, Enrique Garcia. Na entrevista, Enrique destacou as perspectivas positivas para o país, crescimento e principais mercados.

Klüber Lubrication completa 50 anos de Brasil, projeta crescer em dois dígitos e planeja ampliar presença em O&M

A empresa de origem alemã Klüber Lubrication, que fornece soluções em lubrificação para a indústria, está comemorando seu aniversário de 50 anos no mercado brasileiro, com bons motivos para celebrar. Nos últimos anos, a companhia conseguiu manter sua trajetória de crescimento no país e espera dar novos passos nesse sentido no futuro. Hoje (21), vamos conversar com o CEO da Klüber para a América do Sul e Austrália, Enrique Garcia, que revela as perspectivas positivas da empresa com o Brasil. “Nosso foco é continuar crescendo acima de dois dígitos, com foco em crescimento nos mercados-chaves. Vamos desenvolver também novos mercados e aplicações”, contou. O executivo contou ainda os planos de ampliar o maquinário da fábrica brasileira, localizada em Barueri (SP), de forma a ampliar a capacidade produtiva da Klüber no país. Garcia falou também dos investimentos da companhia para desenvolver produtos visando aplicação nas indústrias do aço e da mineração, além de manter o foco em seu principal mercado – o segmento alimentício. Sobre o setor de óleo e gás (O&G), o entrevistado explicou que a Klüber tem feito fornecimentos especiais para compressores de plataformas e extração de petróleo. A ideia é ampliar a presença nesse segmento. “Para nós, os setores de óleo e gás e petroquímica são mercados muito importantes. Pouco a pouco, vamos ganhando espaço nessas áreas. Não são ainda mercados centrais para nós, mas são setores de alto potencial de crescimento. Por isso, mantemos o foco neles”, concluiu.

Primeiro, gostaria de falar desse momento especial de comemoração pelos 50 anos da empresa. Poderia comentar sobre o sentimento de alcançar essa marca e as principais conquistas da companhia no país?

Para nós, 50 anos é muito tempo. Mas se você enxergar pela perspectiva de longo prazo, é o início de uma jornada. A grande conquista de uma empresa como a Klüber é o respeito de nossos clientes, fornecedores e, fundamentalmente, de nosso pessoal. Somos uma empresa que pensa e atua em longo prazo; e também desenvolvemos relacionamentos de longo prazo. Por isso, sentimos muito orgulho de ter muitos clientes de longa data e pretendemos mantê-los por muito tempo. Nessa mesma linha, também temos muitos fornecedores com quem construímos um relacionamento de longo prazo

Também seria interessante ouvir um pouco dos números da empresa. Como está sendo o crescimento da Klüber nos últimos anos?

Nós temos registrado um crescimento muito sólido, sempre acima dos dois dígitos por ano. Em 2021, vamos repetir esse resultado. Em relação à participação de mercado, consideramo-nos líderes em um setor muito fragmentado. E também é motivo de orgulho ter uma participação de mercado, dentro do grupo Klüber, que está acima da média.

Em relação aos investimentos, nossa primeira prioridade tem sido o desenvolvimento de nosso time. O desenvolvimento técnico e de liderança de pessoas é peça-chave. Nos últimos anos, fizemos um centro de desenvolvimento de aplicações e produtos localmente, além de investimentos nas áreas de produção. Há três anos, nós importávamos aproximadamente a metade dos produtos. Hoje, 85% do que vendemos é fabricado aqui no Brasil. Através de nosso centro de desenvolvimento também exportamos produtos e tecnologia. Isso demonstra nossa capacidade tecnológica e de desenvolver soluções.

Qual tem sido a importância do mercado brasileiro para a empresa até aqui? E qual será o peso do país no futuro?

Na minha visão, temos uma participação de vendas importante aqui no Brasil. Mas acho que, aqui no país, contribuímos com um assunto que é mais importante do que apenas uma fatia da venda. Há mais de 10 anos desenvolvemos um projeto inovador e empreendedor de eficiência energética. Isso está sendo copiado em outros lugares do mundo dentro do grupo Klüber. É um case de sucesso dentro do grupo no tema de inovação.

Outra contribuição da operação no Brasil é a quantidade de brasileiros que são procurados pelo grupo Klüber para trabalhar em outros países. Aqui no Brasil, temos cerca de 90 funcionários. Existem brasileiros que estão trabalhando em nossa matriz [na Alemanha] ou em outras filiais, ocupando posições de liderança.

Acho esse fato muito importante dentro desses 50 anos que estamos comemorando.

Quais são os planos e a estratégia da companhia para conquistar ainda mais presença no mercado brasileiro?

Basicamente, seguir focado em melhorar a experiência de nossos colaboradores, que é um ponto-chave para o sucesso de longo prazo da empresa. Do ponto de vista técnico, vamos investir para ampliar nossa capacidade produtiva. Talvez em 2022 ou 2023 já teremos maiores equipamentos produtivos para abastecer a demanda dos nossos clientes. Também vamos continuar reforçando o desenvolvimento de produtos localmente. Eu mencionaria ainda um foco em desenvolvimento de implementação de projetos inovadores, especialmente agora com o tema da digitalização.

E existem novidades em termos de produtos a caminho do Brasil?E existem novidades em termos de produtos a caminho do Brasil?

Neste momento, as novidades são de produtos voltados para os mercados mais importantes no Brasil: as indústrias de aço, mineração e cimento. Esses produtos são acompanhados de serviços, relacionados com eficiência energética. Esses seriam os temas centrais de nosso desenvolvimento. Porém, é válido salientar o tema da indústria alimentícia. Para nós, esse é o mercado de maior importância no país. Seguimos acompanhando o desenvolvimento dessa indústria para o Brasil, fornecendo serviços e produtos.

O senhor poderia detalhar quais seriam os serviços prestados pela empresa?

Os serviços variam bastante dependendo da indústria. Um serviço comum para todos os setores é o de treinamento de aplicação. Isto é, treinar a equipe de nossos clientes para melhor utilização de nossos produtos. Esse serviço tem relação com o que acontece agora, em termos de digitalização. O treinamento, que era sempre físico, passou a acontecer de forma digital, à distância, combinado com visitas presenciais.

Temos também serviços de análise de processos, também feito com apoio digital de big data, com o objetivo de determinar ganhos e melhorias de eficiência energética de nossos clientes. É muito importante desenvolver negócios baseados em eficiência energética. Nós enxergamos o lubrificante como um meio para ganhar eficiência operacional e energética.

Como avaliam as oportunidades no setor de óleo e gás?

Fornecemos para a Petrobrás há cerca de 15 anos para aplicações especiais em plataformas. São lubrificantes muito específicos de compressores. Nos últimos quatro anos, desenvolvemos aplicações também para a extração de petróleo. Estamos desenvolvendo ainda serviços pilotos para monitoramento à distância de equipamentos da indústria de petróleo.

Para nós, os setores de óleo e gás e petroquímica são mercados muito importantes. Nosso relacionamento com a Braskem e o mundo petroquímico é muito forte e crescente. Pouco a pouco, vamos ganhando mercado nessas áreas. Não são ainda mercados centrais para nós, mas são setores de alto potencial de crescimento. Por isso, mantemos o foco neles.

Por fim, pode comentar sobre as previsões de crescimento no país?

Nosso foco é continuar crescendo acima de dois dígitos, com foco em crescimento nos mercados-chaves. Vamos desenvolver também novos mercados e aplicações.

O que nós mais vendemos é confiabilidade. O lubrificante forma parte relativamente pequena da operação de uma empresa, mas é determinante para a eficiência e continuidade dos equipamentos dos clientes. Essa é uma grande responsabilidade. O custo de parar uma operação é muito alto. Por isso, nossa missão de longo prazo é desenvolver um time de especialistas que, junto com nossos clientes, construam soluções fundamentalmente confiáveis.

(Fonte: Petronotícias – Davi de Souza)

 

Entre em contato

Entre em contato

Esperamos receber sua mensagem!

Para mais informação sobre nossa política de privacidade dos dados de formulário, por favor acesse nossa privacy policy.